As 10 melhores bicicletas elétricas em 2022

Embora ainda seja novidade para muitos, as bicicletas elétricas têm um grande mercado aqui no Brasil. São várias marcas que trazem seus modelos para cá, com opções para todos os gostos, necessidades e orçamentos. O Manual de Compra preparou uma lista com 10 das melhores bicicletas elétricas para comprar no Brasil em 2022, então se você tem interesse em comprar uma, vem com a gente!

As bicicletas elétricas são usadas para dar uma mãozinha ao usuário, que precisa percorrer uma certa distância sem se cansar, ou simplesmente quer um empurrãozinho. Muitos deles se parecem muito com os modelos convencionais, e o ciclista ainda precisa pedalar para gerar o movimento, mas o esforço exigido é menor dependendo da taxa de aceleração.

Há também bicicletas elétricas de diferentes potências, e as avançadas até conseguem percorrer uma certa distância sem que o ciclista precise pedalar. Essa distância dependerá da capacidade da bateria de cada modelo e também de como o usuário a utilizará. A maior vantagem deste modelo é que ele é mais rápido e exige menos esforço por parte do piloto.

Veja abaixo algumas indicações das melhores bicicletas elétricas para comprar em 2022.

1º – GTS M1

O GTS M1 tem um visual bem esportivo e é exatamente o que é para aqueles ciclistas que gostam de percorrer longas distâncias em ambientes atípicos, como estradas de terra, trilhas, entre outros. Possui rodas de 29″ com freios a disco hidráulicos e amortecedores para absorver impactos e evitar danos à moto. Este modelo também possui 24 marchas para dar mais versatilidade ao ciclista, que pode escolher entre marchas muito leves a mais pesadas.

A maioria das peças do GTS M1 são da Shimano, o que comprova que é um produto de qualidade. O guidão é totalmente reto, mas pode ser facilmente substituído, assim como sua estrutura que possui dois tamanhos e cores diferentes. A bateria deste modelo dura cerca de 30km, com velocidade média de 25km/h.

Características:

  • rodas de aro 29”
  • peças Shimano
  • caixa de 24 velocidades
  • motor de 250 W
  • Bateria com 30 km de autonomia
  • Velocidade média de 25 km/h

2º – E-Bike Mod – Mymax

Esta bicicleta elétrica parece muito “diferente”, mas é a opção preferida dos consumidores que precisam percorrer distâncias curtas e querem um modelo que seja fácil de transportar. A E-Bike possui construção em alumínio, por isso é forte e leve, mas seu ponto forte é o fato de poder ser dobrada e transportada dentro de uma mochila, que também acompanha o produto.

Tem pneus de 8 polegadas e uma bateria de 250W, com autonomia de até 18 km. Diferente de outros modelos que possuem um painel para mostrar algumas informações da moto, neste modelo tudo é feito pelo aplicativo da empresa.

Características:

  • Feito de alumínio.
  • Dobrável e transportável na mochila
  • Autonomia até 18 quilômetros
  • Atinge até 25 km/h
  • Ele se conecta com o aplicativo Snail Walker

3º – Bicicleta Elétrica Goldentec GT MOB

Um modelo básico de bicicleta que também tem a vantagem de ser dobrável é a GT MOB, produzida pela Goldentec. A empresa valoriza a resistência e o conforto, com estrutura de alumínio, pesa apenas 16 quilos e, por ser dobrável, pode ser guardada embaixo da mesa do escritório, por exemplo. Além disso, também possui rodas de 14” e freios a disco, que possuem uma resposta rápida e precisa.

Esta bicicleta tem iluminação LED na frente e atrás e pode suportar até 120 libras. Sua bateria tem 6.000 mAh e tem autonomia de até 20km por carga, com o nível sendo monitorado por um pequeno painel de LED que fica no guidão.

Características:

  • Modelo dobrável
  • Feito de alumínio
  • Suporta até 120 libras
  • Bateria com 20 km de autonomia
  • Indicadores LED na frente e atrás
  • Painel de LED indicando a carga da bateria
  • Rodas 14” com freio a disco

4º – Sonny 350w – Bikelete

Este modelo Sonny é adequado para o uso diário, como ir à padaria, passear no parque e outras corridas diárias. Possui quadro em aço carbono, que é resistente e deixa a bike mais leve. Outro ponto positivo é seu motor, que é de 350W e tem autonomia de até 20km, levando entre 4 e 6 horas para recarregar.

A Sonny Bikelete atinge uma velocidade máxima de 25km/h e pode suportar pessoas até 100kg. Possui display LED indicador de bateria, farol de LED e suspensão dianteira com amortecedor, para aliviar o impacto ao passar pelos buracos.

Características:

  • Estrutura em aço carbono.
  • Suporta até 100 libras
  • Suspensão dianteira com amortecedor
  • Aro da roda 24
  • bateria de 350 W
  • Até 25km/h
  • Autonomia até 20 km
  • Demora entre 4 e 6 horas para recarregar

5º – Machine Motors Liberty Lithium

Um bom modelo de orçamento é o Liberty Lithium, que é “acessível” e oferece muitos recursos. Assim como a maioria das bicicletas elétricas, seu quadro é feito de alumínio e pode suportar até 120 quilos. Para a segurança do ciclista, possui freios a disco acionados mecanicamente, que segundo o fabricante, proporcionam uma sensação de pilotagem única.

O Liberty tem motor de 350W, com mais autonomia e menos ruído. Sua bateria é de 36V e dura até 40km se o ciclista continuar pedalando, e a empresa ressalta que gasta menos de um centavo por cada quilômetro percorrido. Outras características são sua velocidade máxima de 30 km/h e seu câmbio com 21 configurações diferentes.

Características:

  • Estrutura de alumínio
  • motor de 350 W
  • Suporta até 120 libras
  • Bateria para até 40 km de alcance
  • Econômico e silencioso

6º – Gioia unissex

Para quem procura uma moto com visual retrô, bom desempenho e não tão cara quanto as melhores do mercado, esse modelo Gioia é uma boa opção de compra. Tem um quadro de 16″ todo em alumínio, é durável, forte e ao mesmo tempo leve.

O Gioia possui bateria de 250W e três níveis de assistência ao ciclista, atingindo autonomia de até 35km por carga, dependendo do uso. A empresa destaca ainda a presença de um velocímetro e uma caixa Shimano de 7 velocidades.

Características:

  • Estrutura de alumínio
  • bateria de 250 W
  • Autonomia até 35 km
  • Caixa de velocidades Shimano com sete velocidades diferentes

7º – Biobike URBANA Aro 20”

A Biobike é um modelo casual, projetado para ser usado em distâncias curtas, como ir ao trabalho ou mesmo quando você precisa ir ao supermercado para comprar algo pequeno. Possui estrutura com construção em aço carbono e suporta uma pessoa de até 120 quilos. A bicicleta em si pesa 42 kg com motor chumbo-ácido, mas você pode comprar o mesmo modelo no site do fabricante com motor de lítio, pagando mais caro.

Tem velocidade máxima de 35 km/h e autonomia de até 35 km com o motor principal. A empresa também destaca a suspensão traseira e dianteira, pneus 20′ e alguns acessórios como o farol de LED, indicador de nível de bateria, cesto e até trava de roda.

Características:

  • Armação de aço carbono
  • Suporta até 120 libras
  • Pode ser adquirido com motor de chumbo ou lítio
  • Luz LED dianteira e traseira
  • Suspensão dianteira e traseira
  • Possui painel indicador de bateria
  • Autonomia de 35 km
  • Atinge até 25 km/h

8º – Two Dogs Pliage

A bicicleta Two Dogs destaca-se por ser pequena, leve, compacta e fácil de guardar. Sua estrutura é em aço carbono e dobrável, possibilitando levá-la para qualquer lugar, pois tem 66cm de altura e 88cm de largura quando dobrada. Para torná-lo mais leve que a concorrência, mas ainda resistente, os aros são feitos de chapa dupla de alumínio.

Possui sistema de trocas Shimano Rapid-Fire com sete velocidades, além de permitir trocas rápidas e suaves, atende tanto iniciantes quanto especialistas. Seu motor tem 350W e autonomia de até 40km, mas é importante ficar atento, pois também é vendido em uma versão sem motor, então fique de olho nas especificações do modelo que está prestes a comprar.

Características:

  • Estrutura de fibra de carbono dobrável
  • Leve e forte
  • Aro duplo de alumínio e engrenagens Shimano
  • Sete velocidades
  • motor de 350 W
  • Até 40 km de autonomia

9º – Sense New Breeze 2020

Com visual “retrô”, a New Breeze 2019 é indicada para aquelas pessoas que pretendem usar a moto para ir trabalhar, ou se deslocar por curtas distâncias. Não é adequado para trilhas ou prática de exercícios. Seu chassi é todo em alumínio, e a empresa reforça que foi construído pensando no piloto em uma posição de pilotagem confortável.

Esta bicicleta tem 26 rodas, suspensão dianteira e um selim muito confortável. Possui transmissão Shimano com oito velocidades, além de freios V-Brake que proporcionam mais segurança ao ciclista. Todas as suas funções podem ser vistas em um pequeno display LCD, e possui uma bateria com autonomia de 45 km.

Características:

  • Estrutura de alumínio
  • motor de 250 W
  • Visor LCD para mostrar as funções
  • Transmissão Shimano com oito velocidades
  • Autonomia de 45 km
  • Rodas 26″ com V-Brake

10º – Caloi E-Vibe City Tour

Considerado por muitos um dos melhores do mercado, este modelo Caloi é uma das opções mais completas. Toda a construção de sua estrutura é feita de alumínio, que além de resistente, não a torna muito pesada. A fabricante também destaca a suspensão Rockshox Paragon, motor Shimano E6002 e pneus refletivos Continental, além do freio hidráulico.

A duração da bateria desta bicicleta é uma das maiores do mercado, podendo chegar a 120 km dependendo do uso. Outro destaque é que o E-Vice possui três tipos de assistência motora ao motociclista, sendo eles: modo alto, com até 230% da força do motociclista, modo normal com até 150% da força e modo eco, que tem até 70% da força.

Características:

  • Construção em alumínio.
  • Leve e forte
  • 250W de potência
  • Suspensão Rockshox Paragon, motor Shimano E6002 e pneus refletivos Continental
  • Freio hidráulico
  • Bateria que dura até 120km dependendo do uso
  • Motor com três modos de assistência

Conclusões

A bicicleta é uma mão no volante, ou melhor, no guidão, para muitas pessoas. É o automóvel mais barato do mercado, e a sua diversidade faz com que existam modelos para todas as necessidades, desde quem quer apenas ir trabalhar, até quem gosta de fazer exercício, trilhos, entre outros desportos.

Claro que o investimento inicial não é tão barato quanto o de uma bicicleta comum, mas os compradores sempre enfatizam o retorno a longo prazo das bicicletas elétricas, que se tornam alternativas a outros meios de transporte urbano.

Similar Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.