Análise Avell A52 LIV: Vale a pena?

Já esteve em Avel? É uma fabricante brasileira de notebooks de alta performance que começa a ganhar espaço no mercado agora com alguns de seus lançamentos, como o A52 LIV. Este modelo possui uma ficha técnica de alto nível e um preço bastante competitivo em relação aos gigantes, por isso está chamando a atenção de quem precisa de um notebook para tarefas mais pesadas.

O A52 LIV possui um processador i5 de 10ª geração, além de ter a GTX 1650 como placa de vídeo dedicada. Ele também possui uma tela com taxa de atualização de 120 Hz e três configurações diferentes de RAM e memória interna. Quer saber mais sobre este caderno? Confira nossa avaliação abaixo.

Design

Sendo o modelo mais “básico” da linha LIV, o A52 tem toda sua construção em plástico, diferente de outros notebooks da empresa que possuem acabamento em alumínio. Seu design não tem detalhes chamativos, então este notebook pode ser usado em qualquer ambiente que não chame a atenção. A fabricante destaca ainda que se trata de um aparelho leve, pesando apenas 2,1 quilos.

(Foto: Divulgação/Avell)

È venduto in due versioni diverse, una totalmente nera e un’altra che mescola il nero con l’argento. Nella parte inferiore del notebook abbiamo il suo coperchio con le griglie per la ventilazione. Le prese d’aria e alcune delle sue connessioni sono sul retro.

Sulla A52, i collegamenti disponibili non mancano. Qui abbiamo un ingresso HDMI 2.0 (con HDCP), una USB-C 3.1, una USB-A 3.1, una USB 2.0, due uscite Mini DisplayPort, un ingresso RJ-45 (Ethernet), un lettore di schede microSD e ingressi separati per microfono e cuffie, che di solito non è comune nei notebook. Sul lato delle connessioni wireless, ha il Wi-Fi che funziona in due frequenze (2.4 GHz e 5 GHz) e il Bluetooth 5.0.

(Foto: Divulgação/Avell)

Tela

O Avell A52 também impressiona com sua qualidade de exibição. Sem especificar qual painel é usado, a empresa traz uma tela fosca com 15,6 polegadas e resolução Full HD, além de taxa de atualização de 120 Hz. Isso garante que a experiência do usuário seja mais suave, sem problemas de fantasmas ou corte de imagem. Além disso, o recurso também melhorará o jogo, caso você pretenda usá-lo para isso.

(Foto: Divulgação/Avell)

No entanto, ele cobre apenas 65% das cores sRGB, portanto, se você estiver trabalhando em qualquer área que precise de fidelidade de cores para edições, talvez seja melhor comprar um monitor adicional.

Teclado, touchpad e som

O teclado deste notebook é um teclado de membrana padrão ABNT2 com Ç incluído. Além disso, ele também possui um numérico dedicado, portanto, se você usar números constantemente, terá mais facilidade. Ele é totalmente iluminado, o que facilita o uso no escuro, mas o mais legal é que essa iluminação é RGB, então por meio de um software que fica instalado no aparelho, você pode definir a cor que deseja para iluminar as teclas.

(Foto: Divulgação/Avell)

O touchpad tem um tamanho grande e é totalmente monobloco, com clique e toque mecânicos. Ele tem suporte para o recurso multi-gestos do Windows, e alguns do próprio notebook.

O Avell A52 possui uma interface de áudio de alta definição. Existem dois alto-falantes integrados que são compatíveis com a tecnologia Sound Blaster. A empresa destaca o amplificador inteligente, que dá até 200% mais volume sem distorcer o áudio.

Hardware e desempenho

Apesar de ser o modelo mais “básico” da linha, o Avell A52 possui hardware muito potente. Seu processador é um Intel i5-10300H, modelo de 10ª geração que tem clock base de 2,5 GHz, mas vai até 4,5 GHz. Esse processador tem ótimo desempenho e foi feito para rodar programas pesados ​​sem grandes problemas. A própria empresa destaca o bom desempenho no Photoshop, editores de vídeo e também em diversos jogos.

Parte desse desempenho se deve à GTX 1650, uma placa de vídeo dedicada que possui 4 GB de memória. Com ele, o A52 pode rodar facilmente aplicativos que precisam de melhor desempenho gráfico, além de, claro, se dar muito bem com jogos. Nos testes de desempenho, conseguiu rodar títulos como CoD: Modern Warfare, Red Dead Redemption 2, Far Cry New Dawn, Apex, Battlefield V e outros acima de 60 FPS, todos com a configuração gráfica no centro.

(Foto: Divulgação/Avell)

Todos os modelos da Avell podem ser personalizados na hora da compra, então com este notebook você pode escolher três opções de RAM: 8GB, 16GB e 32GB, porém, pode receber upgrades de até 64GB. O mesmo vale para a memória, que varia de SSD NVMe de 256 GB no modelo mais básico até armazenamento híbrido de SSD de 1 TB e HD de 2 TB na opção PRO.

O fato de ter um SSD de fábrica torna o notebook muito rápido, tanto para uso comum quanto para aquelas pessoas que vão abrir programas pesados. Ele possui um sistema de refrigeração aprimorado com dois modos de dissipação de calor: office, para quando você estiver com um uso mais silencioso e o gamer, para uso mais intenso e que exigirá mais do aparelho.

Bateria

Sua bateria é de 3 células com um total de 47 Wh, ou se preferir, 4.100 mAh de capacidade. No entanto, a empresa não informa quanto tempo dura em média com diferentes tipos de uso. Em uma breve busca, encontramos informações de quem já adquiriu o aparelho e relatam tempos de 4 ou 5 horas de duração, em uso mais moderado. Essa é uma boa duração de bateria, considerando que ele possui uma placa de vídeo dedicada, e é claro que gastará mais energia do que um notebook convencional.

Se você quiser jogar sem ele conectado, pode esperar que a duração da bateria caia pela metade, além de um grande corte no desempenho, porque é natural que os dispositivos tenham um desempenho melhor nesses casos enquanto estiverem conectados.

Conclusão: o Avell A52 vale a pena?

O Avell A52 é um aparelho de ponta e cumpre com maestria esse papel. O emparelhamento do processador i5 de 10ª geração e GTX 1650 resulta em ótimo desempenho, além do fato de a configuração de RAM e armazenamento ser totalmente personalizável, para que você possa selecionar a quantidade que melhor se adapta às suas necessidades de uso.

Laptops desse nível não são baratos, mas o Avell A52 é um dos modelos mais “acessíveis” dessa categoria, oferecendo os mesmos recursos de aparelhos que custam até US$ 2.000 mais caros. Isso se deve ao fato de a Avell ser uma empresa nacional, podendo ter um preço bastante competitivo com grandes produtores.

Se você procura um notebook de alto desempenho com um preço mais “acessível”, o Avell A52 é uma ótima opção a considerar.

Similar Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.